Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Posted by on jun 17, 2017 in Doenças de A-Z |

Sinusite: Causas, sintomas e tratamentos

Sinusite: Causas, sintomas e tratamentos

Gostou deste artigo? Compartilhe

O que é Sinusite?

A sinusite é uma inflamação dos chamados seios da face (esfenoidais, etmoidais, frontais, paranasais) que acabam atrapalhando a drenagem das secreções do nariz. A mais comum é a paranasal, pois a inflamação se aloja pelo menos por 3 semanas. Nos adultos, é diretamente na região frontal depois, seguindo uma ordem de infecção pelos seios esfenoidais, etmoidais e frontais. Agora nas crianças a sinusite mais comum é a etmoidal.

Em um contesto geral a sinusite é provocada por qualquer fator ou mecanismo que acabem obstruindo os orifícios dos seios da face causada geralmente por uma infecção viral ou um quadro alérgico que atrapalhe a drenagem das secreções nasais, isso fara que se acumulem liquido na região e com a limpeza dificultada acabam facilitando a proliferação de bactérias na região dos seios da face.

Vídeo explicativo da sinusite

Quais são as causas?

Existem muitos fatores que podem desencadear como a exposição a vírus, bactérias e fungos e até outros fatores como poeira. Além de:

Alterações na anatomia do nariz: Pelo fato do septo nasal não estar alinhado pode causar uma pequena obstrução na passagem do seio da face.

Alguns tipos de infecções respiratórias (gripes e resfriados): Podem engrossar ou inflamar as membranas dos seios da face favorecendo o bloqueio da drenagem do muco.

Pólipos nasais: Que é um crescimento de algum tecido, bloqueando a passagem e drenagem  nos seios da face;

Reações alérgicas: Pois, o contado com qualquer substância que provoquem algum tipo de reação alérgica como: Ácaros, fumaça, mofo, pelo de animais, poeira, poluição etc.

Redução das células de defesa (baixa imunidade): Existem doenças relacionadas com a baixa da imunidade como a AIDS, fibrose cística. Estas doenças tem participação direta nas manifestações de sinusite pela baixa imunidade.

Tabagismo: Pois, ele prejudica os “batimentos” dos cílios nasais. Que são responsáveis por fazerem a drenagem das secreções nasais;

Trauma na face: Ossos quebrados podem causar obstruções faciais.

Uso excessivo de descongestionantes nasais: Pelo fato deles ressecarem as vias nasais. Este fato ressecamento das vias nasais acaba de impossibilitar a drenagem das secreções nasais.

Leia também ↓↓

Sintomas de sinusite

Primeiramente existem 2 tipos:

  • Aguda: Quando persiste por um período de até 12 semanas.
  • Crônica: Quando o problema já ultrapassou as 12 semanas.

Os sintomas da sinusite são muito parecidos com a cefaleia, mas existem outros como:

  • Diminuição do olfato;
  • Dor de cabeça, dente, garganta e ouvido;
  • Edema periorbitário;
  • Garganta inflamada;
  • Mau hálito;
  • Tosse.

Quais os exames para descobrir a sinusite?

Culturas nasais, endoscopia nasal, exames de imagem, testes de alergias ou até um exame de sangue para verificar a imunidade.

Sinusite como tratar

Sinusite-causas-sintomas-tratamentoPrimeiramente os tratamentos são para diminuírem os sintomas, além de:

  • Solução salina fazendo a lavagem nasal sempre que preciso;
  • Descongestionantes de forma oral;
  • Corticoides sistêmicos para diminuição dos sintomas e inflamações;
  • Corticoides de uso inalatório;
  • Antibióticos (criteriosamente avaliado pelo seu médico);
  • Ou até mesmo a cirurgia.

Quais as prevenções para a sinusite?

Atenção com o ritmo: diminua algumas atividades que possam piorar os sintomas;

Beba muita água: Beber água ajuda a fluidificar e umedecer todas as áreas do nosso corpo;

Controle as doenças relacionadas: Como a baixa imunidade e tanto o resfriado como a gripe;

Elimine os contágios no ambiente: Como áreas empoeiradas;

Evite problemas relacionados: Reduza exposições que possam provocar os sintomas;

Fazer lavagem nasal diariamente: A lavagem ajuda a manter limpa e ajuda na drenagem nasal;

Inale vapores: Para a diminuição do ressecamento nasal;

Mantenha desligado o ar condicionado: Pois, ele acaba retirando a umidade do ar e aumenta a concentrações de alérgenos no ambiente.

Mantenha distância do cigarro: Pois, o cigarro é irritante para a mucosa do nariz;

Tome nota: Todas estas informações não substituem a opinião do médico.

Gostou deste artigo? Compartilhe