Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Posted by on jul 8, 2017 in Doenças de A-Z |

Depressão: Causas, sintomas e tratamentos

Depressão: Causas, sintomas e tratamentos

Gostou deste artigo? Compartilhe

O que é depressão?

Quem nunca teve depressão ou se sentiu depressivo, pois é ela é caracterizada como uma doença mental (psiquiátrica) que acaba provocando uma perda constante dos interesses do dia a dia principalmente do humor e de outras atividades habituais (tomar banho, se alimentar, viver em uma rotina social etc.). Ela afeta pessoas de qualquer idade como crianças e adultos e também idosos, além do mais ela é mais recorrente no sexo feminino, segundo a OMS (organização mundial da saúde) homens chega a 3,6 %, mas as mulheres chegam aos incríveis 6,7 % em cada ano.

A depressão está diretamente ligada à ansiedade ou síndrome do pânico, e as mudanças no comportamento geralmente são: Cansaço, fadiga, falta de energia, falta de confiança e baixa autoestima, além de sentimento de culpa, inutilidade, apatia, irritabilidade, tristeza e diminuição da libido sexual. E em alguns casos problemas físicos como: Dores abdominais e musculares, além de enjoo.

A depressão pode ser recorrente ou crônica que podem perduram de meses a anos e o pior dos fatos é que 20 % dos casos acabam se transformando em depressão crônica e o pior de tudo sem remissão. E em outras vezes (ou na maioria) ela é episódica, o mais preocupante da depressão em geral é que ela pode levar ao suicídio que vem por aqueles sentimentos de baixa autoestima, culpa e inutilidade. Pesquisas indicam que a cada ano 850 mil vidas se perdem devido ao suicídio associado a depressão.

Ter em qualquer momento da vida a depressão devido a algumas situações que de uma forma negativa afetam a nossa vida pode ser considerado “normal”, mas se os sintomas permanecerem por mais de 2 a 3 semanas seguidas sempre é bom procurar o auxílio de um especialista.

Vídeo explicativo da depressão

Depressão causas:

Fatores psicológicos e sociais: Talvez seja mais uma consequência do que a causa propriamente dita, mas o estresse e o isolamento podem desencadear a doença também.

Fator biológico e genético: Estudos relatam que parentes de primeiro grau que sofrem com a doença têm de duas a quatro vezes mais chances do desenvolvimento da doença.

Experiências traumáticas na infância: Como experiências traumáticas ou um ambiente adverso podem ser um estopim para a depressão.

Leia também ↓↓

Sintomas de depressão

Primeiramente encontramos 2 tipos o físico e o psíquico, além dos tradicionais como:

  • Ansiedade;
  • Aumento ou perca de peso;
  • Desinteresse pela vida;
  • Falta de apetite, humor, concentração e de sono;
  • Pensamentos negativos;
  • Sentimento de culpa e fracasso;
  • Tristeza;

Quais os exames para descobrir a depressão?

Dentro de um quadro depressivo a melhor maneira de se descobrir é uma avaliação a um médico especialista como psicólogo e psiquiatra, pois eles poderão passar um diagnóstico sobre o problema.

Tratamento para a depressão

Depressão-causas-sintomas-tratamentos-tipos

Primeiramente a manutenção e o tratamento são feitos por um período a longo prazo, mas existem também:

Quais as prevenções para a depressão?

Pratica de lazer: Pois, o lazer nos tira do estresse do dia a dia nos dando mais qualidade de vida;

Relaxamento: Ouvir uma música bacana ou até mesmo desfrutar da natureza pode ser uma boa forma de relaxar e evitar problemas com a depressão;

Sempre fazer exercícios físicos: Com os exercícios físicos (academia, natação, pilates, caminhada, corrida, esportes no geral etc) temos a liberação de hormônios como a endorfina que nos dá mais prazer e animo;

Uma alimentação saudável: Uma boa alimentação sempre será uma ótima ferramenta para nos manter mais em dia com a nossa saúde, espantando assim os problemas do dia;

Um sono de qualidade: Uma boa noite de sono, pois nem precisa falar é ele quem nos garante uma boa qualidade de vida e de saúde.

Gostou deste artigo? Compartilhe