Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Posted by on abr 10, 2017 in Minerais | 0 comments

Cálcio – Ca

Gostou deste artigo? Compartilhe

Quem nunca ouviu falar que o cálcio é bom para os ossos e dentes? Ele é um mineral muito importante e o mais comum no corpo humano, ele não é produzido pelo organismo humano ele só pode vir através da alimentação, 99 % dele está presente nos ossos e também no dente. O restante está presente no fluido extracelular e também no sangue, além de músculos e tecidos. Ele é responsável por inúmeras funções principalmente pela contração muscular.

O legal é que ele vem da forma combinada, por exemplo: carbonatos e fosfatos de cálcio etc. Ele está envolvido diretamente em funções neuromusculares, pois ele controla impulsos nervosos e contrações musculares, glandulares e vasculares. Além de ser importantíssimo para a saúde dos dentes principalmente para a saúde dos ossos, além de ser se suma importância para o equilíbrio do pH sanguíneo.

Funções e benefícios do cálcio

Formação e manutenção dos ossos e dentes: Ele produz uma espécie de mineralização óssea, que é responsável pela reabsorção do cálcio e síntese dos ossos e também dos dentes.

Ajuda na liberação de neurotransmissores: Serotonina e dopamina são neurotransmissores essenciais no organismo humano. Este mineral ajuda a controlar os canais de sódio modulando a liberação desses neurotransmissores.

É um dos responsáveis pela transmissão de impulsos: Ele atua como um transmissor de sinais, e estes sinais estão envolvidos na contração muscular, secreção glandular e também na transmissão nervosa.

Ajuda a regular a pressão nos vasos sanguíneos: Este mineral também é responsável pela transmissão nervosa, está libera substâncias como: acetilcolina, epinefrina e norepinefrina que têm funções diretas sobre a pressão nos vasos sanguíneos.

Ajuda na coagulação sanguínea: Pois várias proteínas de coagulação sanguínea são ativadas pelo cálcio.

O que é exame de cálcio total?

Bem, ele é um diagnóstico e também um exame de acompanhamento do paciente para verificar se o mesmo tem alguma doença que altera o metabolismo de cálcio e também o de fósforo. Isso pode incluir algumas doenças como canceres, doença óssea e também dos rins. Muitas vezes os problemas são relatados quando a glândula paratireoidiana está com um desequilíbrio produzindo mais hormônios que o necessário.

Para fazem o exame é obrigatório estar em um jejum de 8 horas, para que não haja nenhuma alteração no exame. Os valores de referência são: 8.3 a 10.6 mg/dl.

Leia também ↓↓

Qual a dosagem diária para o cálcio

  • Homens recém-nascidos a adultos maiores de 19 anos (210 mg a 1000 mg);
  • Mulheres recém-nascidas a adultas maiores de 19 anos (210 mg a 1000 mg);
  • Agora grávidas maiores de 14 anos a grávidas até de 50 anos (1300 mg a 1000 mg);
  • Já lactantes maiores de 14 anos a lactantes até 50 anos (1300 mg a 1000 mg).

Vídeo: As funções e os benefícios do cálcio

Sintomas da falta (deficiência) de cálcio

A baixa ingestão do cálcio ou problemas de absorção podem desenvolver problemas como: Osteomalacia, osteoporose e raquitismo. Além, de problemas sintomáticos como: problemas gastrintestinais e respiratórios e também excitabilidade muscular.

Sintomas do excesso (toxicidade) de cálcio

No caso do excesso ou toxicidade do cálcio ocorrem: Insuficiência renal, nefrolitíase (cálculo renal) e síndrome de hipercalcemia

Principais fontes do cálcio

Cálcio-alimentos-função-suplemento-bulaFontes: Batata doce, feijão (branco ou vermelho), leite de derivados (coalhada, iogurtes, queijos), ovos, pão integral, verduras (brócolis, couve, espinafre, repolho).

Gostou deste artigo? Compartilhe

Post a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *